Missão Jesuítica Guarani de Jesus de Tavarangue


Missão jesuíta de Jesus de Tavarangué - Pesquisador UrandirA missão Jesuítica Guarani de Jesus de Tavarangue é uma redução jesuítica muito bem preservada, entre muitas cidades fundadas por missionários jesuítas, no âmbito do seu trabalho de colonização na América do Sul no século XVII. Ele está localizado no departamento de Itapúa, no Paraguai.

Missão de Jesus de Tavarangué - Pesquisa UrandirFoi fundada em 1685, às margens do rio Monday pelo jesuíta Geronimo Delfín, embora o assentamento teve que mudar-se várias vezes pela hostilidade de brasileiros que lhes atacaram e levaram como escravos, até chegar onde está  hoje a cerca de 38 km da cidade Encarnacion. Ele acabou tendo cerca de 3000 habitantes em 1750.

Nesta missão começou a construir uma das maiores igrejas da época, que teve de ser deixadas inacabadas pela expulsão dos jesuítas em 1768 por Carlos III de Espanha.Missão jesuíta de Jesus de Tavarangué - Urandir Pesquisa

As ruínas de estas missões religiosas refletem um modo de vida e da educação marcados por um estilo singular. Foi descoberta quase dois séculos depois de ter sido construída, foi declarada Património da Humanidade pela UNESCO em 1993.

Este templo seria uma réplica da Igreja de Loyola, localizada na Itália. O projeto arquitetônico deste reduto foi feito pelo arquiteto Antonio Forcada, de origem espanhola, que impôs o seu próprio estilo com arcos característicos da cultura muçulmana que então prevaleciam na Espanha.

Missão jesuíta de Jesus de Tavarangué - Pesquisa UrandirQuando da expulsão dos jesuítas em 1767 ela não estava “pronta”, ainda, nem sequer a igreja (faltava o teto). Já era povoada, porém, por algo em torno de 3 mil índios guaranis, sob a orientação de 3 padres jesuítas.

A redução segue o padrão das demais: uma imensa praça dominada pela igreja – de proporções quase que catedral –, com vários trabalhos na pedra avermelhada, uma sacristia, a morada dos padres – sempre bem ao lado da igreja –, a morada dos índios, o colégio, o refeitório e a área de plantação nas imediações.

Deixe seu comentario

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>