Novos Geoglifos encontrados em Nasca no Peru


Os ventos fortes e tempestades de areia que ocorreram na região de Ica no Peru no final de Julho de 2014 revelaram um conjunto de geoglifos nos pampas de Nasca. Pelo desenho e traçoes que compõe as figuras, acredita-se corresponder ao período de transição Paracas-Nasca, conforme pesquisadores da área afirmaram.
As figuras foram descobertas pelo piloto e pesquisador Eduardo Gomez de la Torre Herran, durante uma inspeção em vôo que ele realizou sobre o deserto de Nasca.

Imagens de novos geoglifos encontrados em Nasca - Peru - Changuillo - arquivo pesquisa urandirOs geoglifos estão nas encostas de duas colinas localizadas nas margens esquerda e direita do El Ingenio Valley, perto das planícies de San Jose e Jumana, onde as linhas de Nazca mundialmente famosos estão concentradas.

Geoglifos de 60x4 metros encontrado em Nasca - Peru - Changuillo - arquivo pesquisa urandir “Eles são enigmáticos desenhos que têm mais de 2.000 anos de idade“, afirma o pesquisador.

Ele explicou que um deles é o desenho de uma cobra com  cerca de 60 metros de comprimento e 4 metros de largura, localizado perto da famosa imagem do beija-flor. Poderia ser um geoglifo de Paracas, embora isto será determinado por arqueólogos“, disse Herran.

Os outros desenhos estão localizados na área de Changuillo, à margem direita do vale de El Ingenio. Um deles é uma linha em ziguezague ao lado de uma família de camelídeos em alto relevo, atingindo um tamanho de 60 metros de comprimento e cerca de 35 metros de largura. Paralelamente a este pode-se observar também o desenho de um pássaro e de outras linhas.

O pesquisador Eduardo Herran Gómez de la Torre disse que os novos geoglifos já estão georreferenciadas com os procedimentos necessários para que elas sejam registrados no Registro Nacional de Propriedade Cultural. Isto é importante para evitar a sua destruição.

O diretor do Departamento da Área de Patrimonio Arqueológico, Ruben Garcia Soto, descreveu a descoberta dos geoglifos como “uma valiosa contribuição para o conhecimento da Antiga Nasca“. E complementa: a figura da serpente, possivelmente seja um geoglifo do período de transição Paracas-Nasca.

Relacionados com a Água
O diretor do projeto arqueológico Nasca e responsável pela valorização do centro cerimonial de Cahuachi, Giuseppe Pecci Orefici disse que esta nova descoberta confirma a estreita ligação entre a antigo Nasca com água. Orefici confirmou ainda que a outra figura é realmente de uma cobra com a cabeça alta se inclinando para a direita.

fonte: http://elcomercio.pe/peru/ica/fuertes-vientos-dejan-vista-nuevos-geoglifos-nasca-noticia-1747100

Deixe seu comentario

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>