Pesquisadores detectam pirâmide soterrada em Tiahuanaco


Bolívia detecta pirâmide construída na localidade de Tiahuanaco.

Portal do Sol em Tiahuanaco na Bolívia - pesquis urandir projeto portal 2011
TiahuanacoDetalhe de ruínas de construção em Tiahuanaco na Bolívia - arquivo expedição urandir projeto portal 2011 é um sítio arqueológico que fica a 71 km a oeste de La Paz, a capital da Bolívia, que foi o berço de uma civilização muito antiga, anterior à Incas. Tiahuanaco se destaca entre os sítios arqueológicos antigos devido a elevada simetria dos cortes e entalhes em pedras assim como a de suas construções, muitas sendo ainda impossíveis de serem realizadas com a tecnologia atual, o que ilusta uma possível e quase certa tecnologia avançada na antiguidade, que ainda não foi totalmente revelada.

O governo da Bolívia anunciou que vai iniciar escavações exploratórias este ano na antiga fortaleza de Tiahuanaco depois que pesquisadores Exploração robotica realizada em 2006 em Tiahuanaco na Bolívia - arquivo de pesquisa urandir 2011detectaram uma pirâmide enterrada no local. Ludwing Cayo, diretor do Centro de Pesquisa Arqueológica Tiahuanaco, em entrevista à Agência EFE afirmou que a formação está localizado na área de Kantatallita, a leste da pirâmide Akapana.

Em uma apresentação para a mídia, Ludwing Cayo esboçou um plano de cinco anos para novas pesquisas em Tiahuanaco.
As escavações podem começar em maio ouRuínas de construções em Tiahuanaco - Bolivia urandir pesquisa 2011 junho, dependendo dos acordos de cooperação firmados com universidades e institutos de estrangeiros para inscrever mais peritos em arqueologia forense para esses esforços, afirma Cayo.

Além da pirâmide, um radar de penetração no solo detectou “uma série de anomalias soterradas” que podem ser monólitos, mas essas conclusões exigem uma análise mais detalhada.

Tiahuanaco era a capital de um império pré-colombiano conhecido como Tiwanaku, que deixou um legado dos mais impressionantes monumentos de pedra, como Kalasasaya, o mini templo subterrâneo com esculturas de figuras proeminentes, a Porta do Sol e ruínas de palácios. No seu auge, o reino Tiwanaku teria ocupado mais de 600 mil quilômetros quadrados (231.000 milhas quadradas).

Pesquisadores bolivianos acreditam que Tiahuanaco começou como uma vila agrícola por volta de 1580 aC, e cresceu para se tornar um Descoberta pirâmide soterrada na regiaão de Akapama em Tiahuanaco na BolíviaCabeça esculpida no templo subterrêaneo em Tiahuanaco na Bolívia - arquivo pesquisador urandir 2011estado imperial em 724, mas estava em declínio no final do século 12. Porém há controvérsias com essas datações, pois arqueólogos independentes já avaliam na centena de milhares de anos. Pesquisadores da Associação projeto Portal já estiveram no local realizando estudos e conseguiram localizar fósseis de trilobites que foram extintos na era paleozóica. Apesar da grande dificuldade de datação de rochas e pedras, a ciência está encontrando evidências de que muitas construções antigas remontam a períodos remotíssimos, quando a terra ainda possuía uma outra geografia. A descoberta de uma pirâmide soterrada em Tiahuanaco revela uma possível evidência de um grande alagamento diluvial em eras remotas, quando ainda os andes não haviam sido elevados.

Fontes: EFE – 27 de março, 2015

Deixe seu comentario

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>